CONTEÚDO ANDA Dezenas de cavalos selvagens são assassinados em santuário

Reprodução/WorldAnimalNews

Uma reserva particular, fundada para salvar os cavalos da indústria da carne, foi vítima de um grande massacre de animais. Dezenas de cavalos foram assassinados no estabelecimento, localizado no Condado de Elko, em Nevada (EUA).

Uma recompensa de US $ 100 mil está sendo oferecida por informações que levem à prisão e condenação dos responsáveis pelos assassinatos repugnantes e desumanos.

Os cavalos foram encontrados em uma área de 12 mil acres, parte de uma propriedade da filantropa Madeleine Pickens. Um dos animais favoritos de Pickens, uma pequena égua marrom chamada Scarlet, foi assassinada.

cava

Dezenas de cavalos desapareceram e 11  mustangues que haviam sido salvos da morte por Pickens também tiveram suas vidas encerradas, segundo o World Animal News.

Na última semana, alguns indivíduos cortaram as cercas da propriedade e danificaram as bombas de água, deixando os mustangues sem água durante dias. As temperaturas extremas e a desidratação provocaram a morte de muitos cavalos.

“Não há dúvidas de que isto não acidental. Tudo foi desligado, as cercas foram cortadas. Eles queriam que todos os cavalos saíssem. Eles danificaram as bombas de água para que os animais não pudessem beber”, disse Pickens.

Pickens tem enfrentado oposição contínua do Departamento de Gestão de Terras e de pecuaristas e e gastou US $ 25 milhões para criar seu santuário e um resort que abriga 700 mustangues resgatados.

Fonte: ANDA

Anúncios