LUZ NO FIM DO TÚNEL Dezenas de cães que seriam mortos no Festival de Yulin são salvos por activistas

 

Dezenas de cães que estavam sendo mantidos em pequenas gaiolas imundas e apertadas foram salvos por activistas em defesa dos direitos animais. Eles seriam mortos para consumo durante o Festival de Yulin em um mercado de carne de cães em Nanning, capital da província de Guangxi, no sul da China.

A Ativista Du Yufeng, uma das principais activistas em defesa dos animais da China, afirma que encontrou os cães aprisionados na secção de “aves vivas”. Ela disse que os animais ficavam em exposição para serem escolhidos pelos clientes. Os cachorros seriam mortos na hora e na frente do comprador.

Ela conseguiu negociar com o comerciante e salvou cerca de 30 cães. Ela rapidamente acionou contactos e conseguiu alugar uma minivan para transportar os animais em segurança para um abrigo em Guangyuan. Eles receberão cuidados e serão encaminhados para lares temporário até serem adoptados.Fonte: ANDA