DEMITA-SE “SENHOR DEPUTADO” JOÃO ALMEIDA (CDS/PP)!

Que cobardia! Que indignidade! Que falta de respeito pelo cargo que ocupa na Assembleia da República!

Não é o único, sabemos disso. Por isso o parlamento português tem a fama que tem…

Devia ter vergonha de dizer que é deputado da Nação.

JOÃO FERREIRA.jpg
Fonte da imagem:

https://protouro.wordpress.com/2016/05/06/deputado-abusa-vaca/

Leiam, o que disse este “deputado”, depois de, no passado domingo, ter ajudado um bando de cobardes a torturar um pobre bovino indefeso, conforme a foto demonstra.

“Não foi a primeira vez que saltei a uma arena. Já tinha saltado também à do Campo Pequeno, há dois ou três anos, numa Festa do Forcado.

Também não foi a primeira vez, nem há-de ser a última, que salto em defesa da tauromaquia. Faz todo o sentido fazê-lo. Na Assembleia da República, representamos os portugueses e não podemos esquecer que há muitos portugueses, muitos mesmo, que se revêem da tradição tauromáquica e a apoiam. Somos muitos!”.

Na Assembleia da República, os deputados, que ganham um salário PAGO pelos contribuintes, têm o dever de representar os interesses civilizados de Portugal e dos Portugueses, e não os interesses obscuros do lobby tauromáquico, uma MINORIA INCULTA, constituída por uma dezena e meia de famílias marialvas e parasitas, que vivem à custa dos DINHEIROS PÚBLICOS, e divertem-se a TORTURAR BOVINOS, COBARDEMENTE.

Por muito menos, o povo já exigiu a demissão de deputados que não cumprem a sua função, na Assembleia da República.

Tenha vergonha e demita-se, “deputado” João Ferreira. Não sabe honrar o assento onde se senta, no hemiciclo de São Bento. Não sabe honrar sequer o próprio nome.

Apenas os ditadores não estão disponíveis para ouvir o clamor da esmagadora maioria de um povo que rejeita com desmedida repulsa a selvajaria tauromáquica.

Portugal dispensa “deputados” que o envergonham.

Fonte: Arco de Almedina

Anúncios