Conteúdo ANDA “Corrida Contra a Extinção” pode virar o documentário mais visto na história

Foto: Oceanic Preservation Society

Em um período de 24 horas em 2 de dezembro, Corrida Contra a Extinção pode tornar-se o documentário mais visto na história. O filme do diretor Louie Psihoyos e do produtor Fisher Stevens, que fez o vencedor do Oscar The Cove, estréia quarta-feira no Discovery Channel e com os seus parceiros em todo o mundo. John Hoffman, vice-presidente executivo de documentários e especiais da Discovery, estima uma audiência potencial de 2,4 bilhões e, pelo menos, 500 milhões esperados para assistir.

“Eu estou tentando explodir isso e leva-lo para o maior público possível”, diz Psihoyos, que olha para o aquecimento global como um potencial evento à nível de extinção, e particularmente em seu impacto sobre a vida oceânica. Assim como The Cove tomou a forma de um filme de roubo, Corrida Contra a Extinção tem sua própria quota de spycraft, com as mulheres trazendo câmeras escondidas em restaurantes de sushi que estão servindo carne de contrabando e ativistas se infiltrando em uma fábrica de Hong Kong que vende barbatanas de tubarão ilegalmente. Apropriadamente para um filme sobre o oceano, Corrida de Extinção também vai abaixo das ondas, como você pode ver num tocante clipe de um mergulhador resgatando uma Arraia Manta em apuros.

“A Discovery pode obter mais atenção pro seu filme do que qualquer outra pessoa”, diz Stevens, descrevendo como a reação em Sundance para Racing Extinction era muito maior do que para The Cove. “Mesmo The Cove ganhando todos esses prêmios e sendo um filme realmente grande, muitas pessoas não viram. Louie e eu decidimos antes de Sundance que se pudéssemos encontrar alguém para comprá-lo, queríamos encontrar alguém que pudesse trazê-lo para o maior público.”

O lançamento histórico em 2 de dezembro está pronto para fazer exatamente isso – e com as negociações sobre o clima em Paris em curso, amplificar uma conversa que está se tornando mais importante. Diz Hoffman, “Este é um filme que define um problema para o qual o mundo inteiro deve prestar atenção.”

*É permitida a reprodução total ou parcial desta matéria desde que citada a fonte ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais com o link. Assim você valoriza o trabalho da equipe ANDA formada por jornalistas e profissionais de diversas áreas engajados na causa animal e contribui para um mundo melhor e mais justo.

Fonte: ANDA

Anúncios