CORREIO DA MANHÃ LANÇA PETARDO A DOIS GOVERNANTES

Enviado à ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social)

(info@erc.pt)

CM.jpg

Exmos Senhores:

Na edição do “Correio da Manhã” do dia 26 de Novembro de 2015, foi publicada uma chamada na primeira página, com uma fotografia de António Costa e esta INCRÍVEL “coisa”: «Costa chama cega e cigano para o Governo».

A referência a estes dois novos governantes, utilizando a cegueira e uma etnia como principais características dos mesmos, revela uma imensurável falta de PROFISSIONALISMO e uma apetência irracional pelo RACISMO e XENOFOBIA inaceitáveis num órgão que se diz de INFORMAÇÃO.

Atendendo à gravidade desta situação, solícito à ERC uma tomada de posição junto dos responsáveis do CM (ao qual até me custa chamar jornal), bem como do ou da jornalista que comete tamanha insensatez e envergonha a classe jornalística.

Que exemplo será este para os nossos jovens, embora saibamos que o CM seja um pasquim ao serviço de um lobbynada recomendável?

Espero que seja feita justiça aos dois governantes atingidos por este petardo, e os quais têm o direito à governação e ao RESPEITO.

Com os meus cumprimentos,

Isabel A. Ferreira

Fonte: Arco de Almedina

***

Isabel, ontem tinha lido esse titulo e fiquem enojado com ele. Mas vindo do Correio da Manhã, pode-se esperar artigos como esse.
O respeito por com as pessoas de todas a etnias. O respeito para com as pessoas com deficiência, faz parte dos direitos-humanos.
É verdadeiramente vergonhoso que o pasquim da comunicação social escrita portugal, não tenha vindo já a publico pedir as devidas desculpas aos governantes que por ele foram visados!

Anúncios

Cavalo com fome cai inanimado

Estava a puxar uma carroça e ficou sem forças para se mexer.

Um cavalo severamente subnutrido caiu inanimado, na estrada de Vale de Éguas, em Almancil, enquanto puxava uma carroça. Dezenas de pessoas assistiram ao sofrimento do animal, que não tinha forças para se mexer, enquanto os tutores o tentavam levantar para o deslocar para a berma da estrada. A GNR e os serviços veterinários da câmara de Loulé foram chamados ao local e o cavalo acabou por ser acolhido por uma residente na zona – que tem uma quinta – enquanto recupera.

O caso passou-se esta sexta-feira, pelas 17h00, na estrada de Vale de Éguas, perto do Kartódromo de Almancil, concelho de Loulé. Um cavalo que puxava uma carroça, tripulada por um casal, ficou sem forças para andar e caiu inanimado no meio da estrada. Enquanto o casal o tentavam levantar para o deslocar para a berma – por estar a bloquear o trânsito – alguém alertou as autoridades, que chegaram pouco depois.

O veterinário municipal de Loulé também foi ao local e observou o animal, que estava extremamente subnutrido e debilitado fisicamente. Zoe Dickinson, que reside numa quinta em Almancil, passou na estrada quando ainda lá estava o aparato e aceitou acolher o animal enquanto este recupera. “Estava esfomeado mas vai ficar bem. Precisamos é de alguém que o adote quando estiver bom”, contou ao CM, revelando, no entanto, que está a aceitar ajudas para cobrir as despesas. Quem quiser ajudar pode fazê-lo através da página de Facebook Quinta Martins.

A GNR passou dois autos ao tutor do cavalo – que não tem possibilidades para o alimentar – por não ter chip e falta de cuidados.

Parece que estamos no bom caminho: RTP quer reduzir corridas de toiros

RTP quer reduzir corridas de toiros Casa do Pessoal tem fonte de receitas nas touradas que promove. Por Teresa Oliveira

A tradicional transmissão de cerca de sete corridas de toiros na RTP pode ser reduzida. O novo conselho de administração, liderado por Gonçalo Reis, está a “analisar todas as pastas da empresa, entre elas a das corridas de toiros promovidas pela Casa do Pessoal da RTP”, diz ao Correio da Manhã o presidente da entidade, Luís Castro, que nos próximos dias se irá “reunir com a administração”. O também jornalista da RTP recusa dramatizar, apesar da inquietação por parte de alguns empresários e autarquias, que já tinham agendado transmissões. Ao que o CM apurou, no passado as autarquias pagavam cerca de 25 mil euros à Casa do Pessoal para promover as suas corridas, mas agora esse valor estará inflacionado. No entanto, das cerca de sete corridas de toiros transmitidas pela RTP, apenas quatro a cinco são promovidas pela Casa do Pessoal. As restantes são da responsabilidade da direção de programas. Se a Casa do Pessoal, que tem uma componente cultural, desportiva e de ação social, perder as touradas, fica sem uma fonte de receita que lhe permite ajudar alguns dos seus 2 300 sócios. Com a temporada tauromáquica do Campo Pequeno a arrancar no dia 9 de abril, a RTP corre o risco de não transmitir a festa. O CM tentou contactar a administração da RTP, mas sem êxito.

Fonte: Correio da Manha

 

QUEM FOR IDIOTA, SÁDICO E INCULTO O CAMINHO É O DE BARRANCOS

E sempre que se fala em Barrancos, lembro-me de Jorge Sampaio, um ex-presidente da República Portuguesa, que fez desta vilazinha atrasada, classificada Muito Abaixo de Lixo, uma EXCEPÇÃO DE MORTE… e desse modo MATOU a EVOLUÇÃO e a CULTURA.

 

Legenda na imagem publicada no “Correio da Manhã”: «Cavalos recolhem o Touro depois de o matador lhe tirar a vida»

Assim. Tal e qual. Como se TIRAR A VIDA seja o mesmo que DAR A VIDA…

E é este o jornalismo que temos, quando todos nós sabemos que a grande missão do jornalista não é o direito a informar, mas sim a CAPACIDADE DE DENUNCIAR estes insultos à dignidade humana.

Mas o CM, como crónico aficionado que é, brinda os leitores com este título:

FESTA DE TOUROS DE MORTE A PARTIR DE HOJE
E logo a seguir:

ESTA QUINTA-FEIRA REALIZA-SE A PROCISSÃO (…) EM HONRA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, EM BARRANCOS.

Sim, porque touros de morte e procissão são uma e a mesma coisa: fazem parte do ritual religioso, adoptado pela igreja católica portuguesa e por uns governantes que não sabem o que fazem… como os romanos que cruxificaram Jesus Cristo.

E a notícia diz mais esta coisa espantosa:

«Cinco toureiros espanhóis vão lidar os touros das touradas de morte das Festas de Barrancos, que se iniciam hoje, para cumprir uma tradição legalizada há 12 anos através de uma excepção».

Uma “tradição” CM? Deviam dizer um COSTUME BÁRBARO que se pratica há doze anos devido a uma LEI que legitimou a MORTE MATADA, através de uma vergonhosa EXCEPÇÃO.

E se há uma EXCEPÇÃO PARA A MORTE, temos o DIREITO de EXIGIR uma excepção para A VIDA.

Ou seja, a ABOLIÇÃO DESTA DESMEDIDA SELVAJARIA.

Matar por prazer. Torturar por prazer. Em que época estamos?

Mas ainda há mais.

Diz-se nesta “notícia de necrologia”: «As touradas de morte, a principal atracção do evento que tem lugar na sexta-feira, são as únicas legais em Portugal. Esta excepção foi aprovada em 2002».

E dizem isto, como se isto desse STATUS àquela terrinha atrasada.

Sim, coloca-a Muito Abaixo de Lixo. Mais do que às outras.

E até sábado, este LIXO vai acumular-se em Barrancos, onde os idiotas, os sádicos e os incultos darão aso à sua malignidade legitimada pela lei mais parva que existe em todo o Universo.

Fonte:

http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/sociedade/detalhe/festa_de_touros_com_morte_a_partir_de_hoje.html

***

Depois de escrever sobre este lixo de Barrancos, fiquei enjoada, de tanta incultura.

Para desenjoar, tive de ir “tomar um banho” de ARTE e CULTURA.

Como é possível haver ainda alguém que não saiba distinguir a obra Humana da crueldade (des) humana?

A exacta medida do verdadeiro HOMEM é a verdadeira ARTE e a verdadeira CULTURA.

 

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/quem-for-idiota-sadico-e-inculto-o-46112