REDESCOBERTA Considerado extinto, musaranho-elefante é visto na África após 50 anos

O musaranho-elefante, mamífero considerado extinto, foi visto por pesquisadores após desaparecer por aproximadamente 50 anos. O animal foi encontrado na África.

Pesquisadores de Djibouti e dos Estados Unidos foram os responsáveis pela redescoberta. O animal silvestre foi visto em 2019, mas os estudos sobre o caso só foram oficialmente publicados actualmente.

O musaranho-elefante era mais comum na Somália quando foi considerado extinto. A espécie tem o corpo de roedor e uma tromba semelhante a de um elefante.

A redescoberta ocorreu após pesquisadores receberem pistas do paradeiro do animal. “Foi incrível”, disse ao jornal The Guardian o pesquisador da Universidade de Duke, dos Estados Unidos, Steven Heritage.

“Fizemos armadilhas e logo na primeira vimos aquele tufo de pelos que é característico, e depois mais outro. Estudos desde os anos 1970 não os encontravam. Foi fantástico termos conseguido tão rapidamente”, completou.

A redescoberta da espécie surpreendeu os pesquisadores não só pela facilidade em encontrá-la, mas também pela quantidade de animais localizados. Robin Moore, da Global Wildlife Conservation, explicou ao jornal que o normal é encontrar um ou dois animais de espécies antes consideradas extintas. No caso do musaranho-elefante, no entanto, foram encontrados pelo menos 12 animais.

Em uma lista das 25 espécies consideradas extintas que são as mais procuradas pelos cientistas, o musaranho-elefante ocupava a quinta colocação.

“Essa redescoberta nos enche de esperança”, finalizou Moore.

Fonte: ANDA