GLORIFICAR OS COBARDOLAS DOS FORCADOS?

Resultado de imagem para Forcados

Ontem, num artigo, no sapo, glorificava-se os forcados.
Ao que o sapo chegou. Enfim, que tristeza.

Todos nós sabemos, que o mundo que gira em redor da tauromaquia, é feito por mafiosos, criminosos, assassinos e psicopatas. E no caso dos forcados; criminosos, cobardes e psicopatas.

Alguma vez vimos os forcados enfrentar um touro, que não esteja desgastado, física e psicologicamente, que não esteja em sofrimento, que não esteja mais morto do que vivo, e que não tenha os chifres embolados? – Não. Nunca vimos. E nunca vimos, por uma simples razão, cobardia.

Passei os olhos ao de leve, nesse artigo, no sapo, e vi que apelidava os forcados de corajosos.
Não me façam rir.
Os forcados corajosos?
– Os forcados, não passam de uns cobardolas.
Não enfrentarem o touro, logo a abrir, numa corrida de touros, também diz bem, da cobardia, desses criminosos e psicopatas.

O touro, tem de estar com os chifres embolados, tem de estar cravado de bandarilhas, a sofrer, mais morto do que vivo. Só assim, é que os forcados, do alto da sua cobardia, o enfrentam.

Os forcados, são, na realidade, não um exemplo de coragem, mas um exemplo de cobardia.
Eles, borraram-se de medo, só de pensar em enfrentar um touro, que não tenha os chifres embolados, que não esteja desgastado, física e psicologicamente, que não esteja mais morto do que vivo. E isso que nome tem? – Chama-se cobardia!

Mário Amorim

Anúncios

Volto a dizer, de que os forcados, não passam de um grupo de COBARDES

Imagem 12º

Volto a repetir o que disse ontem no vídeo e para o vídeo, que pode ser visto e lido AQUI, que é que os forcados são COBARDES.

Custa, não custa?-Paciência. Essa é a verdade. Os forcados são COBARDES, ponto.

Se não vejamos!
Numa arena de uma praça de touros, não enfrentam o touro em primeiro lugar. Enfrenta-no em último lugar.

O touro tem de estar embolado.
Tem de estar cravado de bandarilhas. Tem de estar a sofrer. Tem de estar mais morto do que vivo.
Só depois de estar assim, é que os forcados o enfrentam. E agora pergunto; que nome é que isto tem? -Isto chama-se COBARDIA. Eu sei que vos custa. Mas, temos pena. Vocês, forcados, não passam de um grupo de COBARDES.

E ainda vejamos!
Há algum vídeo, na Net, que mostre os forcados a enfrentar um touro que tenha as suas faculdades físicas e psicológicas intactas, em campo aberto, no campo? – Não há. Não há um único! -E agora pergunto; que nome é que isto tem? -Isto chama-se COBARDIA.

Os forcados acham-se muito valentes. Acham-se muito corajosos. Mas ninguém lhes fale a enfrentar um touro que tenha as suas faculdades físicas e psicológicas intactas. Borram-se todos!

O grupo de forcados, são COBARDES. Não passam de uns COBARDOLAS. E por muito que lhes custe, esta é uma inegável verdade!

Mário Amorim

POR AQUI SE VÊ A COBARDIA, DOS COBARDOLAS DOS FORCADOS II

 

Forcados_COBARDES

Esta imagem fala por si.
Esta imagem mostra bem a cobardia destes cobardolas.

 

 

Se estes tipos não fossem os Cobardes, os Cobardolas que efetivamente são, viriam a publico dizendo o seguinte:
1º A partir de agora, recusamos pegar touros, nas arenas das praças, que tivessem sido previamente violentados e desgastados, física e psicologicamente, incluindo com os chifres embolados. Pois, a partir de agora, só aceitaremos pegar touros, que tenham a sua capacidade psicológica e física, completamente intactas.

2º A partir de agora, recusamos pegar touros que tenham no seu corpo, quaisquer marcas de tortura, física e psicológica, incluindo, como é obvio, as marcas dos ferros em brasa, que são cravadas nos bezerros, com apenas 1 ano, ou menos, e que lhes provoca uma sofrimento horroroso, após o efeito da anestesia que lhes dão, passar.

3º A partir de agora, recusamos ser os últimos a entrar na arena. A partir de agora, só aceitaremos entrar em primeiro na arena, e totalmente de acordo com os pontos 1º e 2º deste comunicado, que agora tornamos publico!

***

No entanto; jamais estes tipos serão capazes de vir a publico com um comunicado como este. E porquê que jamais virão a publico com um comunicado como este? – Porque os Forcados não passam de uns Cobardes. Não passam de uns Cobardolas!

Mário Amorim