«ROMARIA D’AGONIA SEM TAUROMAQUIA»

Esta é a palavra de ordem gritada em Viana do Castelo.

Hoje e para sempre.

«A “calendarização” usada como desculpa (pelos “Vianenses pela Liberdade”) para a não tentativa este ano, é absurda e ridícula, uma vez que até durante a Procissão já tentaram realizar touradas em Viana

ROMARIA.jpg

«Mesmo entre os que se assumem como anti tourada é visível uma enorme falta de informação sobre Viana do Castelo. Viana é a única cidade assumidamente anti touradas (desde 2009). A lei nacional é privilegiada em relação à local e os tauricidas aproveitam esse facto para se imporem na cidade, usando meios corruptos e sujos e cuspindo em todas as regras e leis que permitem à camara defender Viana. Fazem-no, perante a passividade daqueles que tem por missão fazer cumprir a lei.

Mas Viana e as suas gentes NÃO aceitam touradas e NÃO ficam impassíveis. Não paramos de lutar, gritar, esbracejar, fazer das fraquezas forças… E temos ganho algumas batalhas. E vamos ganhar a guerra! A “calendarização” usada como desculpa para a não tentativa este ano, é absurda e ridícula uma vez que até durante a Procissão já tentaram realizar touradas em Viana.

O facto é que as touradas perdem força a cada minuto que passa e cabe a cada um de nós analisar o local onde vive e adaptar à sua terra a forma de combater esta chaga que envergonha Portugal.

Não façam como Viana do Castelo… façam “como a Póvoa“, “como Lisboa“, como a terra A ou B. Usem o que sabem sobre a vossa terra e as vossas gentes, transformem as vossas formas de lutar. E aí sim… serão como Viana do Castelo onde a “Romaria É sem tauromaquia“!» (Ana Macedo)

***

«Pela minha perspectiva, uma das provas de que a gente da tauromaquia é realmente mal-intencionada é a insistência em querer realizar touradas em Viana do Castelo. Até poderiam ser “apenas” muito ignorantes, limitados, lunáticos e pensar que os touros e cavalos não sofrem nas touradas (é difícil eu sei, eu não acredito mas vamos supor que é possível carregar um cérebro tão atrofiado), agora, fazer questão de levar touradas a uma cidade que as repudia, onde não há praça de touros, nem público, onde a câmara municipal não as licencia, onde não são bem-vindos e têm de recorrer ao tribunal para impor a sua presença, não há desculpa, revela mau carácter.» (Cláudia Vantacich)

Fonte: Arco de Almedina

Anúncios

O carácter Selvático e Psicopata dos defensores da tauromaquia

Nos comentários do recente artigo do Publico que postei ontem, aqui no meu blog, está o seguinte comentário:

Claudia Vantacich

“Foi dentada sim. O Peter saiu com a marca da dentada no ombro. Mas não foi o único que o mordeu. No túnel, além de pontapés no corpo e cabeça (esteve caído no chão) houve mais selvagens que o morderam. Tinha marcas de dentadas na perna direita e na zona da cintura do lado esquerdo. São selvagens.”

Fonte: Publico

***

Os defensores da tauromaquia são Selvagens, são Psicopatas. E o Peter Janssen bem sentiu no corpo a selvajaria, e psicopatia deles!

Mário Amorim

O TOURO É UM ANIMAL SIMPLES E DÓCIL POR NATUREZA

https://www.facebook.com/login.php?next=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fsharer%2Fsharer.php%3Fu%3Dhttps%253A%252F%252Fwww.facebook.com%252Fclaudia.vantacich%252Fvideos%252F259561070812349%252F%26display%3Dpopup%26ref%3Dplugin%26ret%3Dlogin&display=popup

O touro é um animal simples e dócil por natureza, ao contrário do que os aficionados das touradas nos querem fazer acreditar.

Para se tornarem mais reactivos têm de ser criados em sistema extensivo e picados pelo ser humano até aos 4 anos, idade em que serão torturados, até à morte na praça ou no matadouro sem o menor respeito pela sua dignidade e sofrimento.

Este vídeo mostra touros bravos, os ditos touros de lide, criados em sistema extensivo, vejam como são maus e agressivos.

Partilho também o link de um vídeo de um touro bravo, resgatado de um ganadeiro espanhol, mas que ao contrário dos criados em regime extensivo, foi criado próximo de humanos e tratado com amor tal como tratamos os nossos animais de estimação. Vejam o resultado e pensem se é justo o que lhes fazem nas touradas

Cláudia Vantacich

 

Será que o touro é um animal selvagem? Este touro foi criado como um animal de estimação e o resultado está à vista.

Palavras para quê? Este vídeo deita por terra alguns argumentos usados por alguns defensores de uma certa barbaridade…

 

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/o-touro-e-um-animal-simples-e-docil-por-559718

***

Concordo em absoluto com a Cláudia Vantacich e com a Isabel.

Quem defende a tauromaquia, chama o touro de “besta negra”. Quando na verdade, o touro, é um ser senciente dócil. Quando na verdade, o touro é ser senciente meigo. Alias, estes dois vídeos, mostram bem o quanto o touro, nada tem de ferocidade.

Quem defende a tauromaquia, ignora que o touro desde muito cedo é picado pelos campinos, são lhe cravados ferros em brasa no lombo. Desde muito cedo, fazem tudo para o provocar, para que ele se torne feroz. E continua, logo que ele chega à praça de touros. E deixo uma pergunta: como será que vocês que defendem a tauromaquia reagiriam, se fossem brutalizados, física e psicologicamente, como o touro é, a partir do primeiro ano de vida, incluindo a brutalidade de que ele é vítima, física e psicologicamente na praça de touros?