Londres, inglaterra Ativistas realizam protesto pela proibição de circos com animais

Reprodução

Dezenas de manifestantes protestaram, do lado de fora do parlamento britânico, contra a exploração de animais nos circos, nesta última quarta-feira. Há muito tempo, o governo vem prometendo acabar com a participação de animais em circos na Inglaterra e no País de Gales, mas até agora, nada foi feito. Os manifestantes pacíficos exibiram cartazes e, literalmente vestiram a camisa dos animais durante o protesto, destacando a crueldade no uso de animais nos espetáculos de entretenimento.

Assista ao vídeo clicando aqui

Fonte: ANDA

Anúncios

ʘ‿ʘ Mais uma vitória! Nova lei Animais selvagens não podem mais ser explorados em circos da Holanda

Foto: Empty All Cages

A Holanda se juntou à lista de países europeus que baniram os animais selvagens de seus circos. A Holanda proibiu a exploração de todos os animais selvagens (exceto em zoológicos).

Em circos, os animais sofrem o tempo todo ao serem transportados, vivem em jaulas extremamente pequenas, muitas vezes são abusados e são forçados a realizar truques não naturais para sobreviverem.

A decisão foi aprovada em dezembro de 2014 e tornou-se ativa na última quinta-feira (17).

“A saúde dos animais é mais importante do que a sua exploração em festas ou o apego a tradições ultrapassadas”, disse a secretária Sharon Dijksma.

Dos 22 circos nos Países Baixos, 16 possuem, no total, 119 animais selvagens. Entre as espécies proibidas pela nova legislação estão: girafas, elefantes, tigres, leões, zebras, leões-marinhos e primatas. Outros nove países da Europa já possuem leis semelhantes, incluindo a Bélgica, a Áustria e a Grécia. Países de todo o mundo têm seguido essa tendência, como Bolívia, Paraguai e México. No entanto, ainda há muito trabalho a ser feito.

A questão agora é o que vai acontecer com os animais nos circos. Será que eles vão simplesmente ser descartados, talvez até mesmo mortos? Será que os circos irão se mudar para países onde isso ainda não é ilegal?

Kieran Harkin, chefe de programas do Four Paws UK afirmou: “Embora nós sinceramente felicitemos a Holanda por aprovar essa legislação, estamos preocupados com o que vai acontecer com os 119 animais dos circos itinerantes. Será que os circos não vão simplesmente viajar para o Reino Unido ou para a Alemanha, onde eles ainda podem explorar animais? Nós precisamos que toda a Europa tome medidas em relação a esse pretexto ultrapassado de entretenimento para garantir o bem-estar destes animais.”

A Alemanha tem lutado para impor a proibição no país há anos agora. No Reino Unido, um projeto de lei que proibiria o uso de animais selvagens em circos foi rejeitado sete vezes.

Nota da Redação: Apesar dessa lei ser uma vitória para movimento de direitos animais, os animais selvagens ainda podem ser explorados em zoológicos e outros animais domesticados, como cavalos, ainda podem ser explorados em circo. É preciso acabar também com essas práticas.

Fonte: ANDA

 

Quem vai a circos com animais nem imagina o que existe por trás da cortina.

-10

Quem vai a circos com animais nem imagina o que existe por trás da cortina. A verdade que nenhum dono de circo te vai mostrar, é a forma como os animais são tratados.
Adquiridos em criadouros clandestinos ou capturados no seu próprio habitat, e onde geralmente as fêmeas são mortas para lhe roubarem os filhotes, os animais passam uma vida inteira de sofrimento, desde a privação de seus instintos naturais até os treinos cruéis a que são submetidos. Muitos circos procriam animais para garantir a continuidade dos números circenses. Em certos países, já se verificou o abandono de animais por alguns circos que passam por dificuldades financeiras ou porque os animais já estão velhos para as performances dos seus números.
Nos últimos anos começaram a ser divulgadas as atrocidades cometidas pelos circos. Existem inúmeros documentários, fotos e testemunhas que comprovam os métodos de tortura (má alimentação, privação de espaço, choques, espancamentos entre outros).
Desde então inúmeras cidades no mundo inteiro estão a proibir a apresentação de circos com animais. Com a luta e sensibilização das pessoas para estas atrocidades feitas aos animais, muitas mais cidades e países do mundo, seguiram esse caminho.

Cândido Coelho