Centenas de pessoas exigem em Lisboa libertação dos ativistas angolanos

Centenas de pessoas concentraram-se no final da tarde de hoje no Rossio, em Lisboa, numa nova ação de protesto para exigir a libertação dos ativistas presos em Angola e com a participação de diversas organizações da sociedade civil.

Centenas de pessoas exigem em Lisboa libertação dos ativistas angolanos

“Não às prisões arbitrárias”, era a frase que sobressaía no painel colocado junto à estátua de D. Pedro IV e da responsabilidade da Solidariedade Imigrante.

“Liberdade aos ativistas presos em Angola”, referia outro painel, enquanto crianças desenhavam no chão em cartões e com lápis de cor a frase “Liberdade Já”. Ao lado, alguns dos presentes exibiam folhas brancas onde estavam impressos os nomes dos 15 ativistas detidos em Luanda.

Membros da Amnistia Internacional, diversas personalidades, comentadores, escritores músicos, e diversos dirigentes do Bloco de Esquerda (BE), também se juntaram ao protesto, convocado nas redes sociais pelo coletivo Liberdade aos Ativistas Presos em Angola (LAPA).

Fonte: Lusa

Anúncios