Carta aberta à Ordem dos Veterinários

Para a Ordem dos Veterinários touros e cavalos, não são seres sensíveis com direitos. Caso contrário, a Ordem dos Veterinários já teria vindo a público, manifestar-se contra a tauromaquia. E até hoje nunca o fez. E assim é, por interesse, nada mais.

Não acredito que Ordem dos Veterinários não tenha conhecimento, de que existem pessoas que se se apelidam de veterinários, e ao mesmo tempo são ganadeiros. Posso dar o exemplo de Joaquim Grave.

Como acontece com um advogado, médico, ou enfermeiro, só para citar estes três exemplos, também uma pessoa que tire o curso de veterinária, aprende a código profissional e jura cumpri-lo. E quem não cumprir o código profissional, será expulso da Ordem, e lhe é retirada a possibilidade de exercer a profissão. Ora aqui está o problema. É que pessoas como o Joaquim Grave, não cumprem o código profissional, ao serem ao mesmo tempo veterinários e ganadeiros. Como tal, deveriam ser expulsos da Ordem dos Veterinários e impedidos de exercer veterinária.

Assim sendo, faço uma pergunta; quando é que a Ordem dos Veterinários vai tomar medidas, para por fim à acção ilegal destas pessoas? – No entanto duvido que a Ordem dos Veterinários venha a tomar medidas para travar a ilegalidade da acção destas pessoas, uma vez que é movida por interesses.

É uma vergonha que a Ordem dos Veterinários, por ser movida por interesses, nada faça, para corrigir este problema!

Mário Amorim

Anúncios