Capital de Porto Rico proíbe carruagens com cavalos

Foto: Reprodução/Ecorazzi

Nesta segunda-feira (20), a prefeita da capital de Porto Rico, Carmen Yulin Cruz Soto, decretou o fim das carruagens com cavalos. A prática foi banida em San Juan quatro dias depois que um cavalo vítima dessa indústria desmaiou de exaustão, em uma das ruas da cidade.

A prefeita declarou que, com essa medida, pretende “proteger os cavalos dos maus-tratos a que são submetidos todos os dias”, afirmando que os animais vivem em condições deploráveis. “Nós não permitiremos nenhuma prática que represente alguma ameaça à vida e à segurança dos animais. Eu tenho um compromisso com o bem-estar dos animais e, no meu governo, qualquer prática que os ameace será punida”, declarou a prefeita. Cruz Soto ainda encorajou os cidadãos de San Juan para que denunciem qualquer caso de maus-tratos a animais. As informações são do site Ecorazzi.

O primeiro país a banir essa prática utilitarista, ultrapassada e cruel foi Israel e o mesmo combate vem ganhando força em várias cidades do mundo, como Nova York e Chicago, onde, em pleno século XXI, cavalos ainda são explorados para puxar carruagens.

Fonte: ANDA

Anúncios