Praça de touros de Viana do Castelo vai ser transformada em pavilhão desportivo

Objetivo da autarquia passa por transformar a antiga arena num espaço polivalente para a prática de várias modalidades.

A antiga praça de touros de Viana do Castelo vai ser transformada em pavilhão desportivo, seis anos depois de ter sido desativada quando a cidade se declarou antitouradas, disse esta segunda-feira à agência Lusa o autarca local.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, o socialista José Maria Costa, o objetivo da autarquia passa por transformar a antiga arena num espaço polivalente para a prática de várias modalidades, em simultâneo, como ginástica, esgrima, patinagem artística e hóquei em patins e basquetebol.

A praça foi construída em 1948 e teve uma intensa atividade inicial mas, nos últimos anos, ficou reduzida a apenas um espetáculo anual, por altura da Romaria da Senhora d’Agonia, o que aconteceu pela última vez em agosto de 2008. Está encerrada desde 2009, quando Viana do Castelo se declarou cidade antitouradas.

Chegaram a ser avançadas várias hipóteses para aquele imóvel, como um centro de Ciência Viva, um Centro de Mar – entretanto instalado a bordo do antigo navio hospital Gil Eannes – e um espaço de restauração e atividades náuticas. Até hoje não foi dada qualquer utilização pública ao equipamento.

Agora, a “vontade clara” da autarquia de dar resposta à “falta de condições físicas com que se debate a Escola Desportiva de Viana (EDV)” está na origem da transformar o espaço num pavilhão desportivo.

Fonte: http://m.cmjornal.xl.pt/detalhe.aspx?channelid=51%7C602820

Anúncios

CARTA ABERTA ÀS AUTORIDADES DO MEU PAÍS

O QUE SE PASSA ACTUALMENTE EM PORTUGAL, NO QUE DIZ RESPEITO À SELVAJARIA TAUROMÁQUICA (VULGO TOURADA) É ABSOLUTAMENTE VERGONHOSO!

ÚLTIMA HORA!

A vistoria que a Câmara Municipal de Viana do Castelo, cumprindo o que está no RET, pretendeu fazer à barraca que está a ser montada em Darque para a realização de mais uma sessão de selvajaria tauromáquica prevista para o próximo domingo, não foi realizada.

Motivo: os promotores da barbárie dizem que essa sessão de selvajaria tem VISTORIA até Maio de 2105 (notícia da aficionada RTP)

O quê?????

Como pode isto acontecer?????

Que ILEGALIDADE é esta?

Exmas. Autoridades:

Nos últimos dois anos a população de Viana do Castelo tem assistido à passividade das autoridades fiscalizadoras competentes em relação à arena amovível que tem sido montada nesta cidade.

Este ano a organização da selvajaria tauromáquica pretende montar a mesma arena à revelia da legislação vigente. As diversas associações, assim como os cidadãos em geral, vão estar atentos e denunciarão, uma vez mais, junto dessas mesmas autoridades as ilegalidades cometidas e exigirão o apuramento das responsabilidades.

A Lei, uma vez que existe, tem de ser cumprida e não estar sujeita a lobbies que visam interesses particulares, ou seja, os interesses de cerca de duas dezenas de famílias portuguesas (entre milhares) que fazem fortuna a torturar bovinos para diversão.

Houve um tempo em que Portugal foi grande e livre.

Hoje, Portugal pertence a muitos países, e é um país pequeno, que retrocedeu séculos. Um pequeno país, mundialmente quase desconhecido (só será conhecido pelo Ronaldo, pelo Eusébio e pelo Figo, e pela Amália Rodrigues, vá lá…) e o que é conhecido, politicamente falando… é uma autêntica tragédia.

Uma vergonha.

A República quase nada trouxe de novo. Politicamente foi mais do mesmo: a dualidade no poder, arrastando tudo o que foi criticado na monarquia: corrupção, esbanjamento do erário público, pobreza, incultura, tudo o que temos para dar e vender…

Hoje, vivemos numa república das bananas, com uma democracia de faz-de-conta.

O 25 de Abril que, supostamente devia ter libertado Portugal do fascismo e de uma sociedade retrógrada, não cortou o mal pela raiz, e cá ficaram todos os fascistas mais os seus descendentes, que ainda predominam por aí… por isso continuamos com um atraso civilizacional, cultural e moral nbastante acentuado.

Por isso somos um país que, apesar de territorialmente ser pequeno, já foi grande, muito grande, no tempo em que deu novos mundos ao mundo, e hoje é um zezinho ninguém, de uma pobreza moral, social e cultural gigantesca.

Por outro lado, quase nada mudou a nível governamental, desde que iniciei, neste Blog (que foi criado com a intenção de divulgar Literatura – a minha e a de outros escritores), a luta pela Abolição da Tauromaquia em Portugal.

Coloquei aqui à disposição de todos os envolvidos na selvajaria tauromáquica (desde aficionados comuns, a autoridades de todo o género, incluindo a igreja católica) toda a informação científica e não científica disponível sobre este costume bárbaro espanhol.

E a todos (ou quase todos) tenho enviado os textos aqui publicados.

No início, pensei que a tauromaquia ainda existisse em Portugal por falta de informação. Por uma ignorância, digamos, involuntária, o que seria normal.

Contudo, depois de toda a informação, depois de tudo o que aqui e noutros blogues e sites, foi dito, e depois de ter maçado os governantes com toda a informação, o maior culpado da existência desta selvajaria, da violência legislada, ou seja, o Estado Português, nada fez para pôr fim a este cancro social, que não dignifica Portugal, o seu povo e os seus governantes.

E da boa vontade, passei obviamente à indignação elevada ao quadrado (não se confunda com agressividade ou falta de educação, como é o costume dos que não sabem distinguir os conceitos).

É que posso suportar razoavelmente a ignorância quando ela é fruto do desconhecimento.

Mas sinto uma repulsa, uma revolta, um desprezo enorme pelos que, tendo ao seu dispor toda a informação para deixarem de ser ignorantes, optam pela ignorância, tenham o motivo que tiverem.

E esta é a pior das ignorâncias. É a mais imperdoável das ignorâncias.

Daí a minha mais veemente indignação (à qual tenho direito, consignado na Constituição da República Portuguesa).

Por isso, sinto-me no direito cívico de demonstrar essa indignação, utilizando a linguagem mais apropriada a indivíduos que desconhecem o sentido da vida.

E tendo em consideração o miserável nível de desgraça a que este país se deixou arrastar, já pouca coisa surpreende o cidadão comum, no entanto devo salientar que esta situação consegue, ainda, provocar-me surpresa!

Como é possível que um tribunal que arrasta processos durante anos a fio esteja preparado para dar resposta em 48 horas e sempre a favor do alegado infractor?

Como é possível que, num país supostamente democrático, haja excepções à lei (Barrancos) num determinado município, e que seja negada a excepção pela vida a um município que se declarou, com toda a legitimidade, anti-tourada?

Como é possível que, para benefício de um pequeno grupo de interessados na preservação de um costume bárbaro espanhol, se atropele a lei, até em relação às crianças, cujos direitos são claramente violados?

Devo acrescentar que não tenciono parar de contestar este aviltante insulto à Cultura e Civilidade Portuguesas, até que a lei seja cumprida no meu país.

Tencionamos avançar para os Tribunais Europeus, uma vez que as autoridades portuguesas demoram a dar uma resposta racional a algo que é absolutamente cruel, e obviamente degradante para o prestígio de Portugal.

Os tribunais portugueses apenas são céleres a despachar a favor da selvajaria tauromáquica, assente numa lei absolutamente parva, inadequada aos tempos modernos! Uma lei desumana.

Ainda assim, a Câmara Municipal de Viana do Castelo decidiu, e muito bem, cumprir essa Legalidade.

Nenhuma selvajaria tauromáquica, em qualquer das suas bárbaras modalidades, jamais foi realizada dentro da lei, em Portugal.  

Este ano, não permitiremos que a ilegalidade e a legalidade sejam uma e a mesma coisa.
Com a minha mais veemente indignação,

Isabel A. Ferreira

 Fonte:  http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/carta-aberta-as-autoridades-do-meu-pais-463794

***

Faço minhas as suas palavras, Isabel. Não falaria melhor do que falou!

Mário Amorim

ATENÇÃO! CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO CASTELO, ESTA AMEAÇA TAUROMÁQUICA NÃO PODE FICAR IMPUNE!

Doutor José Maria Costa, a Câmara Municipal de Viana do Castelo NÃO PODE dar VOZ a quem assim AMEAÇA as autoridades.

E eu também estou a levar por tabela.

Em mensagem privada dar-lhe-ei mais informações acerca do autor (cobarde) do comentário que é transcrito mais abaixo:

Anónimo disse sobre A CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO CASTELO PEDE UM MILHÃO DE INDEMNIZAÇÃO A UM GRUPO PRÓ-TOURADA no Sábado, 30 de Agosto de 2014 às 10:30:

A esse monte de merda de presidente de Viana o Tribunal vai dar-lhe o que merece ! Cadeia com esse Merdas . E tu Isabel puta nojenta parideira de filhos deficientes iras pagar por tudo

***

Normalmente, não deixo passar comentários deste calibre ordinário, contudo, ESTE, faço questão de tornar público, por dois motivos: o primeiro prende-se com as AMEAÇAS ao Doutor José Maria Costa e à minha pessoa, que têm de ser investigadas convenientemente; segundo, porque tenho de fazer o meu esconjuro público a este ANORMAL, que pensa que é ANÓNIMO.
E também para que se saiba o que é o mundinho desprezível da tauromaquia, que uma autarquia, como a de Viana do Castelo, tem o DEVER de BANIR do seu território.

No dia 7 de Setembro estes anormais não pisarão o chão de Viana.

***

Posto isto, aqui deixo o meu esconjuro:

Espero que todas as mulheres (todas sem excepção) da família deste cobarde (que se faz passar por anónimo) tenham o PRIVILÉGIO de parir muiiiiiitos filhos DEFICIENTES, uma vez que a matriarca (mãe deste energúmeno) pariu o maior ANORMAL de todos os anormais que existem à face da Terra.

 

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/atencao-camara-municipal-de-viana-do-462580

***

Isabel; fiquei enojado com que lhe foi dito.
Já de seguida, num artigo à parte, vou dizer algo sobre isso!

A CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO CASTELO PEDE UM MILHÃO DE INDEMNIZAÇÃO A UM GRUPO PRÓ-TOURADA

Boa! Doutor José Maria Costa!

Força, Viana!

Se o Costa não manda em Viana, QUEM mandará em Viana?

 Não são, com toda a certeza, os bárbaros do sul, liderados por um vianense infiel aos bons costumes locais.

Origem da foto

https://www.facebook.com/VianensesPelaLiberdade/photos/a.428354450606766.1073741828.423565404419004/606758196099723/?type=1&theater

Ora até que enfim que vejo autarcas com BRIO! Com HONRA! A defender o BOM NOME da instituição que servem: a Câmara Municipal de Viana do Castelo.

Foi hoje anunciado que o presidente e o vereador de gestão urbanística da Câmara Municipal de Viana do Castelo vão processar um movimento pró-touradas por difamação, e vão pedir uma indemnização de um milhão de euros.

Refere o Doutor José Maria Costa, em conferência de imprensa: «Somos obrigados, na defesa da honra pessoal, consideração social, do bom nome da instituição Câmara Municipal a apresentar queixa-crime pela prática do crime de difamação, no Ministério Público,  deduzindo oportunamente um pedido de indemnização no valor de um milhão de euros».

Nem mais!

Esta posição da autarquia vianense, surge na sequência da acção judicial que os pró-barbárie apregoaram há dias, por «actos discriminatórios, violações da lei e do princípio da igualdade» (isto só de gente que está habituada a fazer as coisas FORA DA LEI), após o indeferimento da licença camarária para a realização da selvajaria tauromáquica prevista para o passado dia 24 de Agosto.

Segundo o Doutor José Maria Costa «Estas graves afirmações configuram perjúrio, difamação e atentado ao bom nome da Câmara, dos eleitos e dos funcionários municipais, pondo em causa a relação de confiança dos cidadãos com a administração autárquica».

Exactamente Dr. José Maria Costa.

Exactamente.

Os Vianenses e os portugueses que prezam a LEGALIDADE estão com a autarquia de Viana do Castelo.
FORÇA!

 

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/a-camara-municipal-de-viana-do-castelo-460376

**

Doutor José Maria Costa, grande postura a sua. É assim mesmo. A lei está do seu lado e do lado da Câmara que presidia. Força, Doutor José Maria Costa!

Mário Amorim

AS FESTAS DA SENHORA D’AGONIA EM VIANA DO CASTELO NÃO FORAM CONSPURCADAS COM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

E estas crianças não foram agredidas com imagens degradantes, cruéis, violentas como são as da tortura de seres vivos.

A Câmara Municipal de Viana do Castelo CUMPRIU A LEI.

Esperamos que continue na senda do BOM CAMINHO, e no dia 7 de Setembro, CONTINUE A CUMPRIR A LEI