Conteúdo ANDA Caçadores suecos estão prestes a começar assassinato em massa de lobos

Foto: Getty Images

Caçadores na região central da Suécia começaram a matar lobos em uma caça controversa para reduzir a população e proteger a vida selvagem. Sob uma decisão provisória, caçadores foram dados uma licença temporária para matar os animais de 2 de janeiro antes do Super Tribunal Administrativo da Suécia – a mais alta corte do país – proferir a decisão final sobre se licenças de caça existentes estão em conformidade com as diretivas europeias em 15 de fevereiro.

Na semana passada, três tribunais regionais votaram para proibir temporariamente a caça em uma vitória para os manifestantes pelos direitos animais, mas vários outros decidiram ir em frente, relata o Swedish Local. A Agência de Proteção Ambiental da Suécia estima que a população de lobos atual é de 400 animais. Esta é uma notável volta para uma espécie que era considerada quase extinta no país durante a década de 1970.

Caçadores terão permissão para matar 14 lobos durante o período – dos 46 originalmente solicitado. A decisão da Suécia para retomar a caça dos lobos provocou uma reação adversa pela Comissão Europeia em 2011 – que supervisiona a proteção dos lobos e outras espécies ameaçadas de extinção. Segundo a comissão, a população sueca de lobos era “pequena, ameaçada por isolação geográfica e endogamia.”

*É permitida a reprodução total ou parcial desta matéria desde que citada a fonte ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais com o link. Assim você valoriza o trabalho da equipe ANDA formada por jornalistas e profissionais de diversas áreas engajados na causa animal e contribui para um mundo melhor e mais justo.

Fonte: ANDA

Anúncios