A SANGRENTA E BÁRBARA FESTA DE SAN FERMÍN EM PAMPLONA (ESPANHA)

Um pouco de história…

Esta “festa” religiosa onde touros são maltratados e mortos continua a difamar e a insultar toda a Espanha e a Humanidade.

 

Começou na segunda-feira (7 de Julho) a festa de São Firmino de Pamplona, no norte da Espanha, mais um evento que gira em torno da exploração e morte de animais.

 

Em apenas 2 minutos e 25 segundos, cinco touros de Torrestrella, guiados por seis bois, são forçados a realizar os 848,6 metros de percurso pelas estreitas e deslizantes ruas de Pamplona, lotadas de milhares de “corredores”, experientes ou novatos, com alguns tentando aproximar-se o máximo possível dos animais.

A quantidade de pessoas presente na tal corrida seria suficiente, por si só, para provocar um enorme stress aos animais. Após serem obrigados a correr ao lado de uma multidão, os animais sobreviventes são mortos.

Na “festa” do ano passado, manifestantes sob organização da ONG PETA fizeram um protesto pelos 48 touros mortos no evento, conforme publicado pela ANDA. Os activistas ficaram sem roupa, dentro de caixões e ostentando placas, representando os animais vitimados. Este ano, a ONG também está a realizar protestos no local.

http://www.anda.jor.br/13/07/2014/festa-religiosa-touros-sao-maltratados-mortos-continua-espanha

Pamplona, na Espanha, iniciou no domingo dia 06/07, a tradicional celebração de São Firmino, conhecida mundialmente pelas touradas. A psicopatia disfarçada de “festa” acontece nas ruas da cidade até o dia 14 de Julho.

A “festa”, sangrenta, de São Firmino acontece em Pamplona desde 1591, em homenagem ao padroeiro da cidade. Uma “festa” com motivo religioso (?), onde turistas e moradores locais, durante nove dias, saem às ruas para acompanhar os espectáculos, procissões, touradas e aos “encierros”, que é quando os bois são soltos nas ruas para correr atrás das pessoas.

Os animais são soltos desarvorados nas ruas, no meio de uma multidão alcoolizada e ensandecida, que faz de tudo para provocá-los pois, quanto mais “furioso” o deixarem, mais “divertido” se torna a folia dos psicopatas. Vale de tudo – chutos, pontapés, socos, puxão no rabo, pauladas, e todo o tipo de humilhação que o animal possa passar até, claro, ele ser morto.

Apesar dos apelos do mundo inteiro, de entidades protectoras dos animais, de protectores dos direitos humanos, pedirem o fim dessa comemoração tão bárbara e cruel, infelizmente essa vergonha mundial continua a acontecer, em pleno século XXI.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=669881119772532&set=pb.423771731050140.-2207520000.1405375215.&type=3&theater

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/a-sangrenta-e-barbara-festa-de-san-444727

Anúncios