Ativista holandês agredido na arena do Campo Pequeno

Amigos do holandês, que invadiu a arena do Campo Pequeno na noite da passada quinta-feira, dizem que o ativista foi brutalmente agredido por um grupo de sete indivíduos, após ter protestado “pacificamente” contra as touradas.

Peter Janssen saltou para a arena do Campo Pequeno, em tronco nu, com mensagens escritas no corpo “Basta de tortura” e “Respect for Animals (respeito pelos animais). Um momento que pretendia ser um protesto pacífico contra a corrida de touros que ali decorria. 

No entanto, amigos de Peter Jansen escreveram um publicação no Facebook, na página “Vegan Strike Group” dando conta de que o ativista, que estava a protestar “pacificamente”, foi severamente agredido por sete indivíduos, que julgam tratar-se de membros de gangues. As agressões de que o holandês foi alvo obrigaram-no a passar a noite no hospital, de acordo com os amigos.

Na mesma publicação, lê-se que a violência com que os atacantes se dirigiram a Peter foi “assustadora”. Envolveu, segundo o relato dos amigos, pontapés, murros e até mordidas, até perder a consciência. Os amigos do holandês dizem ainda que todas as agressões foram cometidas em frente à Polícia.

O grupo refere que filmou a cena e promete usá-lo para denunciar aquilo que consideram ser um ato de “psicopatas loucos”.

Fonte: Notícias ao Minuto

***

“O grupo refere que filmou a cena e promete usá-lo para denunciar aquilo que consideram ser um ato de “psicopatas loucos”.

Quem pratica a selvajaria chamada tauromaquia, é Psicopata Louco.
Quem defende a selvajaria chamada tauromaquia, é Psicopata Louco.
Por isso, os amigos do Peter Jansen estão cobertos de razão!

Mário Amorim

Anúncios