O LUGAR DO TOURO, NÃO É UMA PRAÇA DE TOUROS!

Tiram o touro do seu habitat natural para o encaminharem para uma praça de touros, onde, o seu sofrimento, a sua tortura, o seu sangue, a sua morte, alegrará uma reduzida minoria, de gente sádica, de gente sedenta de crueldade para com outro ser sensível.

O touro, após toda a crueldade que já foi vítima antes de entrar de entrar na arena, assim que entra na arena, procura-se defender-se do psicopata tauromáquico, que lá lhe inflige mais crueldade, mais tortura.

Gostaria de fazer aos Psicopatas tauromáquicos, uma simples pergunta: e se fosse com vocês; como iriam reagir?

O touro tem o direito de se defender da tortura que os Psicopatas tauromáquicos lhe infligem, na arena de uma praça!

Mário Amorim

Anúncios