CONSCIENTIZAÇÃO Animação baseada em factos reais denuncia crueldade das corridas de galgos

Logo no título do artigo, a ANDA dá um super tiro na língua portuguesa!
Fatos, Anda. Fatos?
Fatos é o que nós vestimos!
É factos, Anda. Factos!
Quando é que a ANDA vai parar de dar os erros que dá?

Mário Amorim


O curta-metragem, disponibilizado no YouTube, é uma iniciativa do CAGED NationWide, considerado o maior grupo de proteção a galgos do Reino Unido

A animação realista “Last Chance” (“Última Chance”, em tradução livre) se aprofunda nos bastidores das corridas de cachorros da raça galgo para denunciar a crueldade imposta a esses animais, que sofrem nas mãos de criadores que os exploram em nome do lucro e do entretenimento humano.

O curta-metragem, disponibilizado no YouTube, é uma iniciativa do CAGED NationWide, considerado o maior grupo de proteção a galgos do Reino Unido. “Nosso principal objetivo é aumentar a conscientização em massa sobre a situação dos galgos na indústria de corrida”, informa o site oficial da entidade.

Para atingir o objetivo de conscientizar a sociedade, o grupo produziu a animação que, segundo a instituição, é baseada em fatos vivenciados pelos cachorros explorados em corridas. No vídeo, os galgos aparecem presos em pequenas gaiolas, de onde são tirados para serem levados às competições.

No decorrer da animação, um dos cães é retirado de uma gaiola e levado para uma corrida. Antes disso, uma coleira com as palavras “última chance” é colocada no pescoço do animal. A frase faz referência ao destino do cachorro, que participará de sua última competição caso não seja o vencedor.

Provavelmente com idade avançada e já desgastado física e emocionalmente por anos de exploração, o galgo perde a disputa e é imediatamente levado para um lugar sombrio, onde é agredido e assassinado. Em seguida, a coleira de seu pescoço é retirada e o peso das palavras “última chance” recai sobre outro galgo.

Retirado do mesmo pequeno canil onde o cão anterior vivia, o outro animal também recebe a coleira e é levado para uma competição sob o risco de ser condenado à morte caso não consiga chegar em primeiro lugar ao final da corrida.

De acordo com a CAGED NationWide, o curta-metragem “faz parte de uma série de animações de galgos que são baseadas em eventos reais documentados na mídia e por organizações de resgate e bem-estar animal”. As imagens, ainda segundo a instituição, dão “uma ideia arrepiante do que as pessoas costumam apoiar sem saber quando fazem uma aposta nos cachorros ou vão a uma pista de galgos”.

Confira o vídeo:

Fonte: ANDA