Activista Luaty Beirão quer continuar greve de fome junto dos 14 companheiros

mw-1280

***

Os outros companheiros de Beirão encontram-se neste momento no Hospital Prisão de São Paulo, em Luanda, mantendo a greve de fome.

Activista Luaty Beirão quer continuar greve de fome junto dos 14 companheiros

O activista angolano Luaty Beirão, em greve de fome há trinta dias em Luanda, quer abandonar a clínica privada onde se encontra e regressar ao Hospital Prisão de São Paulo, disse hoje à Lusa fonte próxima do preso.

Pedro Coquenão, que acompanha a situação em permanência junto a Luaty Beirão, na Clínica Girassol, em Luanda, disse hoje à Lusa que o preso político luso-angolano quer permanecer ao lado dos restantes 14 companheiros que se encontram neste momento no Hospital Prisão de São Paulo, em Luanda, mantendo a greve de fome. “Tendo esta impressão vivida durante 30 dias, durante os quais não aparece uma resposta ou não aparece uma saída concreta.

Esta decisão tem que ver com o facto de ele estar estável e, tendo também havido esta notícia recente de que todos foram transferidos para o Hospital Prisão de São Paulo, ele entende que faz mais sentido estar junto dos seus companheiros e ter o tratamento que tiver que ter lá e ficarem todos próximos uns dos outros e deixar de haver esta separação”, explicou.

Fonte: http://economico.sapo.pt/noticias/activista-luaty-beirao-quer-continuar-greve-de-fome-junto-dos-14-companheiros_232311.html?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter

***

mw-1280

liberdade-e1441646975541

40cd6-11707392_1606426112955952_6711530771446361478_n

674f8-por2520uma2520angola2520livre2520logo5b15d

Anúncios