Tourada, Cultura???

A Tortura não é Cultura

Só quem não tem absolutamente nada no coração tem a lata de afirmar que a tourada é cultura.
Nenhum espectáculo que tem como finalidade infligir dor, sofrimento e morte de um ser sensível é cultura.

A cultura é tudo aquilo que nos enobrece como povo, é tudo aquilo que nos enriquece como povo.

A cultura transmite valores, como a empatia, a bondade, e a compaixão.

A cultura, não é dor, não é sofrimento, não é tortura, não é morte.
A cultura é alegria, é felicidade. A cultura é vida.

A Tourada, não tem nada a ver com cultura.
A Tourada, é um espectáculo que vive da dor, do sofrimento, da tortura, da morte, de um ser sensível.

Façamos todos ouvir a nossa voz, porque a nossa voz, é também a voz do touro e do cavalo, dizendo alto e em bom som, que a Tortura não é Cultura!

Façamos todos ouvir a nossa voz, também, respondendo a esta sondagem

Tauromaquia em Portugal, SIM ou NÃO II

Mário Amorim

Anúncios

A crueldade que humilha…

A crueldade que humilha e mata pela dor, jamais se poderá preservar e muito menos se poderá considerar cultura. Chamando as coisas pelos nomes, os negócios de crueldade, nunca serão arte nem cultura. Só os motivos económicos ganham na luta de ódio que o ser humano tem, e a cobardia com que o exerce sobre os animais.

Cândido Coelho

A tourada é uma crueldade que humilha e mata pela dor…

A tourada é uma crueldade que humilha e mata pela dor e por tal, jamais se poderá considerar Cultura. O sofrimento infringido ao animal é um meio de coacção bem conhecido. Sem dor, a tortura não tem efeito. Os touros enquanto animais, tal qual como os seres humanos, possuem um sistema nervoso complexo e terminações nervosas superficiais que lhes permite sentir a dor e o sofrimento aplicado nas touradas. Por estes e muitos outros motivos é que podemos afirmar que os negócios de crueldade, não são nem nunca serão arte nem cultura e têm que ser erradicados definitivamente da superfície do planeta

Cândido Coelho

A tourada é barbárie, é sadismo e cobardia.

10253778_624316627636358_2538936853575010882_n

A tourada é barbárie, é sadismo e cobardia. Um acto primitivo de bestialidade praticado contra um animal. Tal barbárie não pode e não deve ser associada a um acto cultural e muito menos ser considerada arte. A abolição é uma forma de nos dignificarmos e evoluirmos enquanto humanos e de nos elevarmos enquanto Nação.

Cândido Coelho

Espelho de uma sociedade retrógrada.

10325772_626713447396676_5036141633842819630_n

A existência de touradas é o espelho de uma sociedade retrógrada. É um acto sangrento, bárbaro, cruel e desumano para com um ser que não se pode defender. Como cidadão do mundo, sinto-me envergonhado por estes massacres de animais para entretenimento de alguns. Profundamente envergonhado.

Cândido Coelho

Tourada é uma das mais cruéis formas de abuso animal.

1900177_606626109405410_671360821_n

Tourada é uma das mais cruéis formas de abuso animal. Todos os anos, mais de 250 mil touros e vacas são torturados e mortos em todo o mundo em touradas e eventos similares. Também durante festas (“festas da aldeia”), dezenas de milhares de touros e outros animais são severamente maltratados.

Cândido Coelho

PARA TODOS OS SENHORES GOVERNANTES QUE LEGITIMAM, PROMOVEM, APOIAM, APLAUDEM, ACARINHAM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

É vergonhoso para Portugal que haja gente no governo português a dizer uma barbaridade desta monta, em pleno ano de 2014 depois de Cristo.

Isto significa que a Cultura Culta ficou à porta dos palácios, onde se pratica uma política retrógrada, que coloca Portugal ao nível de um qualquer país quintomundista

Os descendentes de todos aqueles que, a partir de 2013, ano em que oficiosamente a tauromaquia foi abolida, e continuaram a entender que torturar bovinos inocentes e indefesos para divertir sádicos faz parte da Cultura Portuguesa, saberão que os seus antepassados foram adeptos da selvajaria tauromáquica, através do Livro Negro da Tauromaquia, que perpetuará os seus nomes e os seus macabros feitos, e aqueles sentirão vergonha do nome sujo de sangue que carregam, como uma doença de pele incurável.

Será essa a herança que deixarão os vindouros.

Fonte: http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/para-todos-os-senhores-governantes-que-476067