Tourada, Cultura???

A Tortura não é Cultura

Só quem não tem absolutamente nada no coração tem a lata de afirmar que a tourada é cultura.
Nenhum espectáculo que tem como finalidade infligir dor, sofrimento e morte de um ser sensível é cultura.

A cultura é tudo aquilo que nos enobrece como povo, é tudo aquilo que nos enriquece como povo.

A cultura transmite valores, como a empatia, a bondade, e a compaixão.

A cultura, não é dor, não é sofrimento, não é tortura, não é morte.
A cultura é alegria, é felicidade. A cultura é vida.

A Tourada, não tem nada a ver com cultura.
A Tourada, é um espectáculo que vive da dor, do sofrimento, da tortura, da morte, de um ser sensível.

Façamos todos ouvir a nossa voz, porque a nossa voz, é também a voz do touro e do cavalo, dizendo alto e em bom som, que a Tortura não é Cultura!

Façamos todos ouvir a nossa voz, também, respondendo a esta sondagem

Tauromaquia em Portugal, SIM ou NÃO II

Mário Amorim

Anúncios

Marcha Animal (Sábado 9 de Abril)

Traga a sua voz para as ruas e mostre que somos cada vez mais pelos animais!

MARCHA.png

A Marcha da ANIMAL será a 9 de Abril.

Este ano terá co-organização da LA TORTURA NO ES CULTURA // TORTURE IS NOT CULTURE e virão várias ONG’s internacionais.

O mote deste ano será “A tortura não é cultura“. Este é um ano importantíssimo, vão discutir-se em breve as nossas petições da campanha Enterrar Touradas e todo o apoio será pouco.

Claro que a Marcha será – como sempre – por todos os animais e contra qualquer tipo de exploração e abuso, mas, numa altura como esta, não podemos esquecer este importante ângulo.

Se a vossa ONG, grupo formal ou informal, plataforma, partido político, etc. quer apoiar a Marcha e estar presente, enviem-nos o vosso logotipo para info@animal.org.pt ara que possamos incluí-lo num cartaz a divulgar mais à frente. Contamos convosco, sejam cidadãs/os independentes ou façam parte de um colectivo, seja ele de defesa dos animais ou de qualquer outra luta pela justiça e direitos fundamentais.

A Marcha é de todas/os. Juntem-se!