A realidade portuguesa…

O que é a tauromaquia 1º

A cada ano, as gentes que se governam com a tauromaquia, recebem 16 milhões de Euros de subsídios, e do Estado, e da União Europeia.

Depois, estas gentes, afirmam que a tauromaquia em Portugal, se financia a si própria, negando, por tanto, que a tauromaquia em Portugal, seja subsidiada. No entanto se negam, também, em nos mostrar provas documentais insofismáveis, que provem sem margem para duvidas, o que afirmam.

Portugal, passa por enormes dificuldades. Não há dinheiro para alimentar as crianças nas escolas; não há dinheiro para as escolas de ensino de musica; não há dinheiro para o teatro; não há dinheiro para os hospitais públicos. Mas para a Selvajaria de Tauromaquia, para aí não falha, há sempre dinheiro.

Depois, as gentes que se governam com a Tauromaquia, em Portugal, também afirmam que o touro não sofre, que o touro nasceu para ser toureado e que com o fim da tauromaquia, o touro extinguir-se-ia. E também aqui, se recusam as nos mostrar provas ético-cientificas que provem o que afirmam.

O touro tem um sistema nervoso central, igual ao nosso. Tal como nós, o touro sente dor, o touro sofre, física e psicologicamente, quando vítima de tortura.

Cada vez são mais os portugueses que exigem a ABOLIÇÃO da Selvajaria da tauromaquia.

O que mantém a tauromaquia em Portugal, são os 16 Milhões de Euros, que anualmente recebe, do Estado e da União Europeia. Se não fossem esses 16 Milhões de Euros de subsídios, a tauromaquia já não existiria em Portugal!

Mário Jorge

Anúncios