ONG ANIMAL realiza marcha pela conscientização dos direitos animais

animal

As pessoas que se dedicam à proteção dos animais queixam-se frequentemente de que se sentem sós na sua “luta”, de que ninguém as compreende. Em geral, sentem-se frustradas pela falta de apoio que a causa tem e sentem que a classe política dá pouca importância às suas preocupações.

A Marcha de dia 10 de outubro é um evento onde não só podem protestar e reivindicar mais proteção legislativa e “social” para os animais não-humanos, mas também conhecer ao vivo gente que partilha as suas inquietações. Além disso, quem faz parte de grupos, sejam eles formais ou informais, pode apresentá-los, apresentando-se ao resto da Comunidade. A ANIMAL oferece essa oportunidade a toda a gente que o queira fazer através do “tempo de antena” que disponibiliza.

Dar cara e voz a um Movimento e aparecer nas ruas é vital para despertar quem ainda está adormecido relativamente aos problemas que afetam os animais. O trabalho de bastidores tem uma importância extrema, bem como o trabalho diário de apoio a animais individuais. Sair à rua é um complemento fundamental para todo esse trabalho; é a face mais pública de uma preocupação que queremos que se estenda a toda a sociedade.

Se acredita que alguém irá por si e que o Movimento terá mais visibilidade por milagre, então as suas queixas de nada servem, e em vez de fazer parte da solução, está a fazer parte do problema. Por outro lado, se tem a possibilidade de tirar algumas horas do seu dia 10 de outubro para sair à rua em defesa daquilo em que acredita, estará a fazer parte ativa da mudança que quer.

* Este texto foi escrito em Português de Portugal e sem recurso ao Novo Acordo Ortográfico.

Fonte: ANDA