BASTA DE FINANCIAMENTO A UMA ACTIVIDADE BÁRBARA, CRUEL, E ASSASSINA, CHAMADA TAUROMAQUIA, EM PORTUGAL!

Violência tauromáquica em Portugal 3º

A maioria dos portugueses, não querem mais ver uma abjecta e hedionda actividade, chamada tauromaquia, em Portugal.
Esta actividade é mantida em Portugal, à custa de 16.000.000 de € de subsídios, do Estado e da União Europeia.
Quem defende a continuidade da tauromaquia em Portugal, afirma que a tauromaquia em Portugal, não é financiada. Afirmam que a tauromaquia se financia a ela mesma.
Mas quero recordar que desde 2009 cada vez é menor o publico nas praças de touros, e que em 2014 e já em 2015 a queda de publico nas praças de touros, foi gigantesca. E então deixo a seguinte pergunta: como é que uma atividade que cada vez tem menos publico, se pode financiar por ela mesma? –Para que a tauromaquia se pudesse financiar a ela mesma, as praças de touros teriam de estar sempre lotadas de publico, com o preço dos bilhetes bem caros, e nunca haver corridas de touros com bilhetes de borla, tal como acontece imensas vezes!
Por outro lado, nunca foram mostradas publicamente provas documentais absolutamente claras que sustentem a afirmação que a tauromaquia em Portugal, não é financiada.

Os sucessivos governos portugueses, querem lá saber das crianças que não têm de comer nas escolas, dos idosos que nem se quer têm dinheiro para comprar os medicamentos, e de muitas outras situações, causadas pela falta de dinheiro, em Portugal. Os sucessivos governos portugueses querem é que o Estado continue a financiar com subsídios o Maltrato físico e psicológico para com dois belos e fascinantes animais não-humanos, o touro e o cavalo. Os sucessivos governos portugueses, querem é que o Estado continue a assegurar o encher das contas bancárias de umas quantas famílias, à custa da dor, do sofrimento, da tortura, do touro e do cavalo!

BASTA DE FINANCIAMENTO A UMA ACTIVIDADE BÁRBARA, CRUEL, E ASSASSINA, CHAMADA TAUROMAQUIA, EM PORTUGAL!

Mário Amorim

Anúncios