Cidade de Seul deverá contratar 1.000 agentes de monitoramento de direitos animais até 2020

Foto: Seoul Metropolitan Office~
Cidade de Seul mostra avanços na implantação de medidas em prol dos animais domésticos. Foto: Seoul Metropolitan Office

A cidade de Seul (Coreia do Sul) está planejando contratar 1.000 pessoas para serem agentes de monitoramento de direitos animais até 2020, de acordo com uma declaração apresentada em um debate aberto no dia 12 de maio. As informações são do Korea Biz Wire.

Os planos da cidade até esta data também incluem o desenvolvimento de mais cinco parques para animais, bem como o registro de mais de 600 mil animais domésticos, a castração de 10 mil gatos em situação de rua, além da realização de seminários sobre direitos animais para 50 mil cidadãos.

Segundo a reportagem, deverão ser introduzidas outras medidas para evitar o abandono, enquanto se buscará aumentar o financiamento de programas focados em direitos animais.

O número de animais em situação de abandono em Seul diminuiu em 48,7 %, de 18.624 em 2010 para 9.551 em 2014. No entanto, apenas 29 % deles foram adotados. Dos demais que não conseguiram lares, 34% tiveram a morte induzida e alega-se que 14% tenham tido morte “natural”.

Fonte: ANDA