Mês de setembro entre os quatro mais quentes de sempre

O mês de setembro de 2021 ficou marcado como um dos quatro mais quentes em todo o mundo, até hoje registado. De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a temperatura média do ar esteve 0.2ºC acima do normal (1981-2010) na Europa, tendo-se notado uma grande diferença entre a partes Leste e Oeste do continente.

Nos países da Europa Oriental as temperaturas registaram valores inferiores à média da época, sendo exemplo disso o facto de em Helsínquia, a capital da Finlândia, este mês ter sido “o mais frio desde 1997”. Por outro lado, nos países da Europa Ocidental, as temperaturas identificaram-se como acima da média, como no caso do Reino Unido, que “registou o seu 2º setembro mais quente de sempre”.

“Em relação à precipitação na Europa setembro de 2021 foi mais seco do que a média em grandes partes do sul da Europa e mais húmido do que a média na parte oeste da França, na Península Ibérica e ao longo da costa oriental do Mar Negro”, explica o Instituto.

Relativamente a Portugal Continental, analisando a quantidade de precipitação e a temperatura do ar, o mês de setembro considerou-se normal. Contudo, registou-se um valor médio da temperatura média do ar e um valor médio da quantidade de precipitação superiores ao normal.

De referir ainda que, segundo o IPMA, no final de setembro quase metade do território se encontrava “em situação de seca meteorológica”, circunstância que tem vindo a melhorar, mantendo-se esta previsão apenas nas regiões a sul do Tejo.

Fonte: Green Savers

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.