VISIBILIDADE Leonardo DiCaprio assume compromisso com o meio ambiente e a prevenção de pandemias futuras

O actor demonstrou seu apoio à Lei de Prevenção de Pandemias do Futuro a seus mais de 46 milhões de seguidores no Instagram.


Leonardo DiCaprio

Não é nenhuma novidade que o ator vencedor do Oscar, Leonardo DiCaprio é preocupado com questões ambientais. Em 1998, ele fundou a Leonardo DiCaprio Fundation com o intuito de ajudar a resolver alguns dos maiores problemas ambientais do mundo. O ator também produziu uma série de documentários e filmes com foco no meio ambiente e encorajou outras pessoas a se manifestarem contra as mudanças climáticas.

Recentemente, ele voltou sua atenção para a saúde humana e o fim do comércio de animais selvagens. E além disso, DiCaprio expressou seu apoio à Lei de Prevenção de Pandemias do Futuro a seus mais de 46 milhões de seguidores no Instagram.

O ator DiCaprio, escreveu no início de outubro em uma postagem: “Se você se preocupa em prevenir a próxima pandemia, peça ao seu senador para co-patrocinar o Senado Bill S. 4749, o ‘Ato de Prevenção de Pandemias do Futuro’, apresentado por @corybooker e @johncornyn. Para que possamos reduzir o risco de uma pandemia como a COVID acontecer novamente”.

O projeto de lei bipartidário – apresentado pelos senadores Cory Booker (D-NJ) e John Cornyn (R-TX) – visa fechar os mercados de animais vivos e impedir o comércio de certos animais selvagens para consumo humano.

Pesquisas tem indicado que o coronavírus que causador da COVID-19 seja zoonótico. Isso significa que, em algum momento, o vírus ultrapassou a barreira das espécies de animais para humanos. Os especialistas ainda não têm certeza sobre onde e quando isso aconteceu exatamente. Mas muitos acreditam que a transmissão inicial ocorreu no Huanan Seafood Wholesale Market, em Wuhan, China. O mercado era um mercado de animais vivos e frutos do mar.

A nova legislação estabeleceria a política externa oficial dos Estados Unidos. Isso permitiria ao país trabalhar com parceiros estatais e não-estatais para acabar com o comércio de animais selvagens e fechar os mercados comerciais de animais selvagens para sempre.

Segundo com o site de Booker, também “construiria coalizões internacionais para reduzir a demanda por animais selvagens como alimento, reconhecendo que ainda existem comunidades rurais em todo o mundo que carecem de fontes alternativas de alimentos adequados”.

O senador de Nova Jersey disse em comunicado: “Enquanto continuamos a lutar para manter a disseminação do COVID-19 sob controle aqui nos Estados Unidos, devemos também trabalhar com nossos parceiros internacionais para evitar que outra pandemia mortal ocorra. Isso significa trabalhar urgentemente para fechar os mercados comerciais de vida selvagem e acabar com o comércio internacional de vida selvagem. ”

Fonte: ANDA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.