CATIVEIRO Golfinho bebê exibe sinais de sofrimento mental em parque aquático

Golfinhos estão entre as espécies mais complexas e inteligentes do mundo. Eles são auto-conscientes e têm laços sociais e afectivos profundos com outros membros do seu grupo. O vínculo entre a mamãe golfinho e seu bebê é considerado um dos mais fortes do planeta. Além disso, eles têm cérebros grandes e desenvolvidos que o ajudam a aprender com facilidade e se ajustar ao ambiente. Os golfinhos demonstram habilidades incríveis como, inclusive, imitar a fala e as vocalizações humanas.

Apesar das inenarráveis evidências da sensibilidade e senciência desses animais, os seres humanos insistem em sequestrá-los e aprisioná-los para o seu entretenimento em parques e aquários. Um vídeo registador no Loro Parque, da Espanha, é a prova do quanto o cativeiro pode ser nefasto e prejudicial para a espécie. As imagens mostram o pequeno animal sozinho em uma piscina balançando a cabeça repetidas vezes, parecendo estar completamente entediado.

O vídeo foi filmado em 2016 e compartilhado pelo YouTube. O golfinho apresenta claros sinais de sofrimento psicológico, tédio e frustração. O confinamento faz com que esses animais exibam comportamentos estereotipados, como nadar repetidamente em círculos e ficar imóvel olhando para o vazio por um longo tempo. Também há registos de golfinhos que se chocaram contra as laterais do tanque ou pararam conscientemente de respirar para por fim as suas próprias vidas.

Veja abaixo as imagens:

Fonte: Anda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.