FLORESTAS EM CHAMAS Bebé orangotango chora e se agarra à mãe durante resgate

Socorristas da International Animal Rescue (IAR) conseguiram salvar a dupla que perdeu seu habitat em Bornéu após incêndio

Outras partes do mundo além da Austrália sofrem com a seca e incêndios. No início de janeiro a ONG International Animal Rescue (IAR) foi avisada de que dois orangotangos, mãe e filho, tinham sido levados para a Vila de Tanjung Pura, na Indonésia, depois de terem seu habitat em Bornéu devastado por um incêndio.

O momento de resgate, que pode ser visto AQUI, filmado pela equipe da IAR, mostra a mãe sendo sedada enquanto o bebê chora e se agarra ao corpo dela apavorado com a presença das pessoas. Os dois estavam sendo mantidos numa gaiola por moradores locais.

As ameaças à sobrevivência das populações de orangotangos aumentaram bastante desde que o fogo atingiu a maioria das principais regiões que esses animais habitam. As florestas em chamas deixaram muitos orangotangos sem comida e abrigo, levando-os a se desviar para aldeias e aumentando o número de encontros e conflitos com seres humanos.

Argitoe Ranting, gerente de campo da IAR Indonésia, disse ao site Dailymail: “Os dois orangotangos estavam em boas condições e não precisavam de tratamento adicional e, portanto, concordamos em translocá-los directamente para as florestas de Sentap Kancang, que fica a apenas cinco quilómetros da onde se encontravam”.

A reportagem explica que é uma área de mais de 40 mil hectares e foi escolhida não apenas por seu tamanho, mas também porque possui uma oferta abundante de alimentos e a densidade da população de orangotangos é bastante baixa.

Sadtata Noor Adirahmanta, chefe do Centro de Conservação de Recursos Naturais em Kalimantan Ocidental, disse ao Dailymail: “Uma grande quantidade de trabalho de conservação foi realizada nos últimos anos, tanto pelo governo quanto por seus parceiros. No entanto, os desafios e os problemas estão aumentando e, em resposta, outras acções precisam ser tomadas. As raízes do problema decorrem de conflitos decorrentes do fato de não ter sido dada atenção suficiente à conservação de plantas e animais selvagens”.

Karmele L. Sanchez, diretor do IAR Indonésia, acrescentou: “O conflito surge porque os orangotangos estão perdendo seu habitat florestal. Eles vão a outro lugar em busca de comida porque não têm escolha. Estamos muito preocupados em ver como esses orangotangos estão tentando sobreviver quando seu habitat está sendo destruído. Só podemos esperar que os seres humanos percebam que, sem florestas, não serão apenas os orangotangos que não poderão sobreviver – porque a espécie humana sofrerá o mesmo destino”.

Alan Knight OBE, director executivo do IAR, comentou: “Depois dos terríveis eventos de 2015 na Indonésia, é impressionante ver incêndios destruindo novamente os habitats e florestas. Estamos aliviados com o resgate e translocação dessa mãe e bebê por nossa equipe na Indonésia. No entanto, é preciso tomar medidas agora para resolver o problema subjacente, para que a espécie de orangotango como um todo seja salva da extinção”.

Fonte: ANDA

FINLÂNDIA Motorista de autocarro encontra cão em estrada, dá-lhe boleia e localiza a família do animal

“Ele entrou suavemente e sentou-se perto de mim”, disse o motorista solidário

cão e Hicham Boujlal, homem que deu carona ao cão. Ambos estão sentados no ônibus, o homem, na frente, o cão, no banco de trás

No dia 9 de janeiro, Hicham Boujla, um  motorista de autocarro em fim de expediente na Finlândia, recebeu um passageiro improvável, um cachorro, que estava andando pela estrada no escuro.

Boujla ficou curioso com o animal e parou o asutocarro, abriu a porta e o filhote encarou como um convite para a sua entrada. “Ele entrou suavemente e sentou-se perto de mim”, disse ao The Dodo.

De acordo com o site, o cão, aparentemente sem tutor, foi amparado pelo motorista, que decidiu chamar um abrigo local de animais para ficar com o cachorro. Logo após, a notícia sobre se espalhou pela cidade e a família do cão ficou sabendo da notícia.

Com isso, Boujlal levou o filhote de autocarro para casa: “Ele é um cão muito inteligente e muito amigável. Estou muito feliz por ter essa chance de ajudá-lo”, completou.

Fonte: ANDA