EUA. Reserva animal abate todos os animais antes de encerrar

Um Santuário de animais norte-americano está a ser criticado por ter morto todos os seus animais antes de fechar portas.

Em causa está a decisão tomada pelo responsável Santuário Lion’s Gate – situado no Colorado – que optou por matar três leões, três tigres e cinco ursos.

O caso está a gerar polémica e até mesmo revolta, uma vez que este tipo de santuários são locais que acolhem animais selvagens que foram maltratados ou que estão em perigo de vida.

A diretoa do Lion´s Gate, Joan Laub, após dez anos a cuidar de animais garantiu que já não tem condições para os acolher, após os estragos causados pelas sucessivas inundações que ocorreram, afirmando ainda que as autoridades locais não autorizaram a mudança das instalações para outro local.

No entanto, a administração local do condado de Elbert achou estranho a decisão final de Joan, alegando que os outros santuários se ofereceram para acolher animais, ofertas essas que foram recusadas.

O diretor de uma outra reserva animal, Pat Craig, afirmou estar surpreendido com o desfecho do Lion’s Gate, uma vez que se voluntariou para receber os animais.

Fonte: SOL

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s