CONTEÚDO ANDA Rinoceronte atacado por caçadores mostra gratidão a ativistas que salvaram sua vida

https://i0.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/03/bh-1.jpg

Quando caçadores atacaram a mãe de J’aime, o bebê rinoceronte provavelmente tentou protegê-la.

Ela pode ter colocado seu pequeno corpo entre a mãe e as armas dos caçadores. Porém, o rinoceronte de apenas quatro semanas não conseguiu salvá-la.

Além de matarem sua mãe, eles arrancaram seus chifres para vendê-los por milhares de dólares.

https://i0.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/03/bh2-e1490707401403.jpg

J’aime sobreviveu ao ataque, mas não saiu ilesa. Os caçadores a esfaquearam três vezes nas costas. Ativistas encontraram J’aime sozinha na mata e conseguiram que ela fosse acolhida pelo The Rhino Orphanage (TRO), localizado na província de Limpopo, na África do Sul.

A equipe do TRO nomeou o pequeno rinoceronte de J’aime (que significa “eu amo” em francês) para homenagear um rinoceronte morto recentemente por seus chifres em um zoológico perto de Paris, na França.

https://i1.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/03/bh3-e1490707440265.jpg

Apesar de suas feridas, J’aime estava em uma condição estável e os veterinários conseguiram tratá-la. A principal coisa com que a equipe do TRO preocupou-se foi conseguir com que J’aime bebesse leite de uma mamadeira.

Mesmo que possivelmente sentisse a falta da mãe, J’aime pegou a mamadeira imediatamente. Na verdade, ela queria cada vez mais leite.

“Sempre que está perto da hora do leite, ela choraminga e fala para deixar seus cuidadores saberem que está com fome”, disse Jamie Traynor, gerente do TRO, ao The Dodo.

https://i2.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/03/bh4-e1490707485653.jpg

Se estiver impaciente, J’aime tenta até mesmo “mamar” em seus cuidadores. “Minha característica favorita nela é que ela mordisca meu braço durante a noite quando está com fome e quer leite”, acrescentou Traynor.

Não é apenas leite que J’aime deseja, ela também quer uma grande quantidade de carinho. “Ela adora deitar com seus cuidadores e ficar o mais próxima que consegue”, contou Traynor.

https://i1.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/03/bh5-e1490707540919.jpg

Para ajudar J’aime a se sentir segura, os cuidadores fazem turnos para dormir ao seu lado. E, como todos os bebês, J’aime adora dormir.

J’aime é atualmente o menor rinoceronte do orfanato e, por isso, ela ainda não foi apresentada aos outros órfãos. Entretanto, com base no tamanho dos pés de J’aime, Traynor espera que ela cresça bastante e fique muito maior.

https://i2.wp.com/www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2017/03/bh6-e1490707589496.jpg

“Ela tem pés adoráveis! Eles são muito grandes para seu corpo, então quando ela corre tudo o que você é seus pés grandes”, ressalta Traynor.

Quando J’aime estiver com cerca de três, poderá ser libertada na natureza e Traynor tem esperança de que consiga ter uma vida tranquila e pacífica, longe de caçadores: “O futuro dela parece bom”, finaliza.

Fonte: ANDA

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s